top of page
Buscar
  • Foto do escritorpipeBR

Abertura da Colheita do Arroz 2020 no RS tem local definido

Evento será realizado pelo segundo ano consecutivo na Embrapa Clima Temperado



Pela segunda vez, a Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS) sedia a Abertura Oficial da Colheita do Arroz (AOCA) no RS. Em sua 30ª edição, o evento ocorre de 12 a 14 de fevereiro, na Estação Experimental Terras Baixas (ETB), no Capão do Leão/RS, com o tema Colheita do arroz e grãos em terras baixas: intensificação para a sustentabilidade.

Haverão 34 vitrines tecnológicas de empresas parceiras, lançamentos de produtos e cultivares, entrega do prêmio Pá do Arroz, além de reuniões de produtores. A Embrapa lança a cultivar de arroz irrigado BRS A705 e aplicativo para manejo da cultura. São esperadas em torno de 40 caravanas com produtores rurais.


Novidades da Embrapa

A cultivar BRS A705 é uma evolução da BRS Pampa, segundo o pesquisador Ariano Magalhães. O material atende demanda do setor produtivo por uma cultivar que apresente flexibilidade no manejo. "Os orizicultores que adotaram a Pampa, muitas vezes, manejaram de forma inadequada e ela apresentou alguns problemas de acamamento. Então, buscamos aliar produtividade, qualidade de grãos e resistência ao acamamento para atender a estes sistemas de produção convencionais", explicou.

Também, a Unidade de pesquisas irá lançar o aplicativo para dispositivos móveis PlanejArroz: a decisão na palma da sua mão, um software que simula a expectativa de produtividade de grãos, além de trazer informações referentes aos estádios de desenvolvimento da planta, visando o manejo da cultura. O software é um trabalho conjunto entre Embrapa, Irga, Inmet e UFSM.


Programação

Dentre os destaques, o Roteiro Técnico, que ocorrerá nos turnos da manhã, contará com 34 vitrines tecnológicas de 20 empresas e instituições de pesquisa. Na parte das vitrines tecnológicas, a área principal de arroz segue com as cultivares BRS Pampa CL e IRGA 431 CL, junto de um lançamento da Basf, Memby Porã. Também, a presença da pecuária com gado no pasto será mais enfática.

No dia 12, à tarde, ocorrerá ainda o Fórum Técnico e, no dia 13, o Fórum de Mercado. Na programação, temas estratégicos para a sustentabilidade do produtor de grãos em terras baixas, como exportação, inovação, empreendedorismo, economia, novas tecnologias e gestão de pessoas. Em paralelo, ocorrerá também a Feira de Produtos e Serviços.

Outro momento marcante será a entrega dos Prêmios Pá do Arroz, onde são reconhecidas pessoas e instituições que agregaram de forma positiva ao desenvolvimento da lavoura arrozeira e/ou tiveram performances de altas produtividades e colocaram a inovação em prática.

Para o encerramento do evento, no dia 14, às 14h, haverá a Abertura Oficial da Colheita do Arroz no Estado. O ato simbólico é transmitido em rede nacional, com a cobertura da imprensa especializada, e conta com a representação das esferas municipais, estaduais e federais. A expectativa é superar o evento de 2019, quando foram recebidas mais de sete mil pessoas.


Coletiva com a imprensa

A coletiva com a imprensa do Rio Grande do Sul sobre a Abertura Oficial da Colheita do Arroz ocorre na terça-feira (28), das 11h30min às 14h, com entrega de materiais jornalísticos e visitação às lavouras demonstrativas. Na ocasião, estarão reunidos os representantes das Instituições promotoras do evento, como Federarroz, Embrapa e Irga, e os prefeitos dos municípios de Pelotas e Capão do Leão, que sediam o evento. Mais informações pelo (51) 99911.2214.


Fonte: www.cliccamaqua.com.br

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page